Pecados

Área Privada

Vídeos

Descarregar

Suporte

Autores

Testemunhos

Int. aos Capítulos






Destituída de Vaidade
21Fev2009 06:40:00
 

BLOGTOK | CICLOS DE POESIA | 7 PECADOS | VAIDADE | VÒNY FERREIRA

eito-me nua

no túmulo escorregadio

das minhas inúteis expectativas

Para que a sórdida leviandade

dos meus sonhos

Se agasalhe com as gélidas manhãs

de Inverno.

Já não tenho medo…

Talvez agora

A minha alma se impermeabilize

Com o cair soturno da noite

E voe como um pássaro errante

Para além das nuvens,

do horizonte!

 

Abandono-me à minha sorte…

Sem ter nada, tenho TUDO!

 

… Tenho o gargalhar da lua

Em sussurros de morcegos.

Tenho o pranto da chuva

Em catadupas nos meus cabelos,

Tenho os meus dedos petrificados

Inibidos de que escrever!

Agora só quero sonhar,

 Nua…

Demitida de vontade,

Destituída de vaidade!`

(VÓny Ferreira)

 

Poema de Vòny Ferreira

BLOGTOK | CICLOS DE POESIA | 7 PECADOS | VAIDADE | VÒNY FERREIRA



Partilhar:

| Guardar em formato PDF
Artigos Relacionados
Real ou Realeza
Soberba
Vaidade I
Justa vaidade
Vaidade
Reflexão
Na escuridão (a vaidade)


Para poder comentar necessita de iniciar sessào.